segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Contra fotos não há argumentos









Algumas pessoas duvidaram da existência do Bueirão (o time de futebol), então nosso blog viajou pelo túnel do tempo e recuperou imagens inéditas.
Imagens do time do Bueirão pousando nas fotos momentos antes de um amistoso contra um time do Colégio Objetivo, fotos de uma pelada e até mesmo da arquibancada.
Perceba que em uma das fotos o time aparece com as camisas do antigo Clube Internacional, essa foto não é do Bueirão, é que antes de fundar o Bueirão tínhamos um time que se chamava Internacional, em homenagem ao antigo Club Internacional, que fica situado aqui na rua Alexandre Farhat, próximo ao Bueirão, em frente a Mercearia do Peré, ou bar do Muca, as camisas usadas é do próprio Club Internacional, cedida pelo Peré, ou seu Deca, não lembro bem, mas é que os netos do seu Deca, como: Icaro, Elton, Sandrinho, Serginho e Anderson também fazia parte desses times.
Perceba nas fotos a seriedade do Bueirão, tem bandeiras e até mesmo aquele negócio que a gente não sabe o nome, que vem com o símbolo do clube, que as seleções trocam antes de começar o jogo.
A arquibancada do Bueirão também está na foto, arquibancada que virava motel a noite, aliás, o Bueirão a noite não virava somente motel, virava a Amsterdã também, mas ai já não era mais com a gente, sempre fomos profissionais, nessa época ninguém bebia, pois sabíamos que era importante cuidar da parte física para podermos render o esperado, da até para notar nas fotos pelo físico de cada atleta.
Pronto, está registrado a passagem do Bueirão pela terra, agora caiu na rede mundial, mas antes de fechar essa viagem, queria dizer que todo nosso trabalho foi desvalorizado com o canal da maternidade, acabou com o ponto de lazer de crianças e adolescentes e de drogados.

Nas fotos temos: Aidono Júnior, Elton Vasconcelos, Ícaro Vasconcelos, Sandrinho Vasconcelos, Serginho Vasconcelos, Anderson Vasconcelos, Wanden e Henrique Bérgson e Doquinha. Bala, Bruno, João Dark, Isnard, Chupeta, Alex, Jessé, Fofo, Ricardinho, Baleado e outros.

8 comentários:

Helder Júnior disse...

Hahahahahah... Muito foda essas fotos e o textos.

Ri disse...

Foram dias de sofrimento e diversão (ao mesmo tempo ó) debaixo de sol quente capinando aquele matagal pra fazer o campinho, que já se chamava Buerão. Puxando o bucho do Seu Hugo (quem lembra?), sentindo o aroma do esgoto que continua com o mesmo cheiro até hoje, porém, com uma nova roupagem.
Lugar de diversão para crianças durante o dia, assaltos, sexo e drogas durante a noite.
Campeonatos memoráveis, que jamais saírão da retina...
Jiquitáia, Sãocosmengo, e muitos outros times que participaram valendo um refrigerante...

Bons tempos...

Anônimo disse...

O pepito já arrudiava o local, inclusive ajudando na construção da arquibancada.

Posteriormente doquinha entra para seu time e mais algumas que pessoas que não me lembro quem

Anônimo disse...

O Bueirão so não deu certo pq não tinha um gay treinando as categorias de base.

Anônimo disse...

Isso mesmo, eu sabia, que uma hora voces iam se mancar e parar de falar do flaMERDA!!! Mais um final de semana triste para os urubus. NORMAL!!!

Bala disse...

Essa rua só tem cara forte!

Adriana disse...

kkkkkkkkkkkkk...Krak véi muito massa!!!ADOREI!!!
O Aidono e o Bala eu reconheci na hora, não mudaram nada!Só cresceram mais um pouquinho!rsrsssssss
Mas vc, Ricardinho, não consegui distinguir..vc é o de short vermelho que tá se fazendo de forte é?!Uhauhauhauha...

ricardinho disse...

não, felizmente não apareço em destaque, apenas em uma foto distante, graças a deus...