terça-feira, 2 de outubro de 2007

Arruma a mala aí que amanhã tem mais Estrelão

O Rio Branco deixou ontem a capital acreana com destino ao município de Itacoatiara no Amazonas. Mas até chegar lá, o estrelão precisará enfrentar algumas horas de vôo o que pode prejudicar a equipe.
Apesar das horas de vôo e de ônibus não vamos inventar desculpas como fez um veículo de comunicação da Bahia que trouxe em sua resenha o seguinte:
“O Bahia ainda teve outra chance com Charles, aos 14min. Mas a partir desse momento, o calor de 38 graus a umidade relativa do ar de 84% e a fumaça provocada pelas queimadas na região amazônica começaram a interferir no rendimento físico dos visitantes. Aos 30min, Charles passou mal e foi substituído por More”.
Até concordaria com a informação se somada a esses fatores aparecessem o fator Doca, a gordura do Nonato, o Braz e a torcida estrelada.
Pois é, o Bahia é passado, estava falando do Fast. Segundo informações “seguras” obtida pelo orkut e pelo msn, Bahia e ABC irão pagar as famosas mala-preta para o time do Fast. Alguns torcedores do próprio Bahia acham que o time não tem dinheiro para isso, já um informante lá de Natal, disse que o boato tem fundamento e o ABC não só vai fazer como já é acostumado a oferece dinheiro para outros times complicar a vida do seus adversários. Isso é o que dá emoção a essa Série C do Brasileirão, o campeonato mais emocionante do país. Ou alguém acha que a série A com aquele futebol de resultado do São Paulo é mais emocionante? Comparado com a emoção dessa “série C” está somente o sofrimento do Corinthians para não cair.
Quanto ao Rio Branco cabe jogar sério, respeitando o Fast, pois, com mala ou sem mala eles vão em busca da vitória, até porque ainda tem chances de classificação e não querem virar freguês do Rio Branco.
O fato é que é tanto boato de dinheiro para o Fast que o time vai sair rico ou vai continuar rico na terceira divisão.

4 comentários:

gabriel disse...

estrelããããããão, porraaaaaa

Bala disse...

Vai ser um jogo duro, 1 a 0 Estrelão!

Chalil disse...

em Doca eu confio!

Carlos Júnior disse...

O Rio Branco realmente terá uma missão complicada.