domingo, 3 de agosto de 2008

Tudo igual no grupo 17

Estrelão consegue empate dentro do Baenão contra o Clube dos Emos, o resultado é ótimo, mas da maneira que aconteceu saiu com gosto de derrota.
A torcida dos Emos apareceu em peso, lotando o estádio. Quem tomou as primeiras iniciativas foi o time da casa que abriu o placar depois de uma falha feia da zaga do Estrelão, aliás, falhar é o que essa zaga mais gosta de fazer.
O Doka apresentou um bom futebol e apesar de não marcar e perde uma oportunidade clara de gol no segundo tempo, ajudou muito o Estrelão virar o jogo, Rodrigão e Rossini marcaram para o time acreano. Os Emos ainda perderam um pênalti que não ouve e o primeiro tempo terminou assim mesmo.
Na segunda etapa Marcelo Brás, artilheiro da competição com sete gols, numa jogada individual e “estranha” fez o terceiro e parecia que a vitória era certa para o Estrelão, mas o Clube do Emos ainda chegou ao empate no final do jogo.
No outro jogo do grupo, Luverdense e Holanda ficaram também no empate, 1x1. Agora é esperar quarta-feira a estréia do Estrelão em casa na segunda fase, contra aquele mesmo Luverdense.

Um comentário:

Dr. Marcio Eduardo disse...

Essa zaga tem que pegar umas aulas com o professor Chicão lá no Zé de Melo! Agora esse pedrinho... toda vez que faz substituição faz merda... jogada estranha do Brás... hehehe... ele é estranho...