quarta-feira, 2 de julho de 2008

Violência

Coitado no nosso amigo Braga, apanhou mais que cachorro de índio ao caminhar pelo Parque da maternidade, o que mais revolta é que o Buerão que já não tem tantos leitores ficou com um a menos, pois o bicho apareceu no jornal todo moído acho que nem consegue acessa o Blog.
Como diz o Edivaldo Sousa, a coisa não ta brincadeira hein? Em pleno parque da maternidade meu amigo.
O problema é que a polícia está muito preocupada com essa “caça aos bêbados” e acaba esquecendo de cuidar dos bêbados.
A Toca do Lobo esses dias parecia um presídio de segurança máxima, vários policiais faziam a segurança lá na frente. Quando entramos no estabelecimento, brincamos com o dono dizendo: “contratou novos seguranças”, foi ai que ele informou que o bar estava fechado, não podia vender cerveja, isso era 23h30min. Achei estranho um bar que não pode vender cerveja, mas como aqui é assim, Agro Boi não vender boi, Açucareira Rio Preto não vende açúcar, achamos normal um bar não vender cerveja, então como diz o ditado, manda quem pode obedece quem tem juízo, fomos passear pelo parque e vimos que em outro estabelecimento que também vende bebida alcoólica não tinha polícia fazendo ronda e tinha gente no estabelecimento.
Acho que entendi a mensagem, os ricos bebem os pobres não, mas os pobres nem tem carro para dirigir bêbado.
Falando em dirigir bêbado, estou vendendo minha habilitação, descobri que não é somente o álcool que pode levar a cadeia, dirigir sobre efeito de remédios controlados também é crime, ainda bem que tenho nível superior vou ficar lá na papudinha, quer dizer, será que é uma boa a Papudinha? Antonio Eman.... Ave Maria, por favor, me leve pra penal mesmo...
Pois é, essa besteira toda, foi somente para publicar aqui: FLUMINENSE campeão da Libertadores! O resto é com você Buerão...

2 comentários:

Aldine disse...

"FLUMINENSE campeão da Libertadores!"

Essa declaração tem uma grande intencionalidade!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

aldine disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk
Eu disse, eu disse..
Declaração tendenciosa
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk