quinta-feira, 22 de maio de 2008

Dando Explicações

Bom, a Torcida Pano Branco está sendo vista por algumas pessoas como uma torcida contra o Estrelão, acho que é a hora de algumas explicações.
Foi 2004, quando o Estrelão “quase” subiu para a “Série B” que a torcida Pano Branco surgiu, pela menos o nome, que é sim uma ironia, mas não deixamos de ser torcedores do Rio Branco por isso.
Mesmo com a eliminação do Rio Branco da forma que aconteceu, na Série C de 2007, a torcida ainda soube reconhecer e não criticou, pelo contrário, defendemos o Testinha contra todos os comentários idiotas que surgiram, para resumir, se não fosse os três golaços contra o Fast e tudo que ele jogou a gente nem tinha ido tão longe.
As críticas e revoltas começaram quando a torcida tentou se organizar de uma forma mais séria, foi ai que precisamos ter contato com a diretoria do RBFC e começamos a entender, porque o Rio Branco com todos esses anos de história ainda não conseguiu ser pelo menos uma equipe para brigar pelo titulo da série B.
Amadorismo! Temos um futebol profissional onde trabalha gente com visão amadora, nunca fomos bem recebidos por alguém no Rio Branco, nunca ninguém enxergou a importância de ter uma torcida organizada, na verdade o único que posso dizer que nos recebeu bem foi o Chicão, esse sim tem nosso respeito.
Estou com preguiça de escrever então vou enumerar as razões da torcida começar a ficar impaciente:
Hino do Clube: Descobrimos que o Rio Branco tinha um hino, fomos a busca desse Hino, pegamos um vinil que fica jogado dentro de uma gaveta, o vinil estava lá como se não tivesse nenhuma importância, aliás, pessoas que trabalham lá dentro nem sabia da existência, levamos o vinil, limpamos e passamos o hino e uma marcinha para o formato mp3, devolvemos o vinil e aconselhamos a ter cuidado, o vinil foi jogado novamente na gaveta, acho que quem tem outro vinil desse é o Chicão, esse sim gosta do clube, suas coisas são todas guardados com cuidado, o próprio Buerão fez uma matéria sobre “O Baú do Chicão”.
Carteiras da Pano Branco: Fizemos umas carteirinhas da torcida Pano Branco e logo surgiu a idéia de trazer sócios para a torcida e levar esse sócios para os jogos. Fomos em busca do presidente para uma conversa, até que ele nos deu atenção em algumas vezes. A idéia era conseguir vantagens para quem adquirisse as carteiras do tipo: descontos em ingressos dos jogos do Estrelão, acesso as dependências do Rio Branco (academia, piscina), desconto na loja do Estrelão (que ia servir para divulgar a loja). Resultado, na palavra do presidente o desconto da loja era certo, o desconto nos jogos do Rio Branco era certo, no Campeonato Acreano não era pois se tratava de rodada dupla, o presidente prometeu uma conversa com o Presidente da Federação, até hoje não recebemos resposta.
As vantagens iam servir para divulgar o clube, movimentar o parque aquático que tem uma ótima estrutura e não é usada para gerar renda ao clube, chamar mais torcida para os jogos etc.
Mas para vender carteiras ia precisar desses descontos, pois nem todo mundo ia gastar dinheiro como a gente gasta por causa do Rio Branco.
O custo da carteira era R$ 7,50, a Pano Branco cobrava R$ 15,00, pois pretendia arrecadar dinheiro para fazer um Bandeirão, no momento só tinha a velha faixa, bancada por três membros da torcida. Com o dinheiro arrecadado das carteiras fizemos churrasco para os sócios e para chamar mais sócios, fizemos camisas também, que foram bancadas por dois sócios da torcida. Os descontos que conseguimos, assinado e que até hoje ainda vale são: desconto no consultório do Cirurgião dentista, Márcio Eduardo, desconto na Riatla fotografia e desconto na Academia “Zona de Treinamento” que fica lá no Parque Aquático do Rio Branco, seu dono é o Jô, um cara que nos tratou bem e que também tem visão, esses cumpriram a palavra, assinaram os convênios e os descontos ainda estão valendo, já os descontos prometido verbalmente pelo presidente do Rio Branco não foram cumpridos, sócio da Pana Branco foi a loja comprar e teve como resposta, que desconto?
Caso Bandeirão: Segundo um amigo que não quis se identificar, estava no Arena da Floresta e viu uns torcedores comentando sobre a Pano Branco: “Isso é tudo brincadeira, foi o presidente que bancou essa faixa, esse Bandeirão”, conhecedor da verdadeira história esse amigo quis ter certeza do que estava ouvindo e perguntou: “Como vocês sabem disso?” e explicou a verdade.
O Bandeirão foi bancado pelo Cirurgião Dentista Márcio Eduardo, do Rio Branco conseguimos apenas o local para pintar, e o Chicão foi quem deu a maior força.
Caso Pedrinho: Depois de conseguir desanimar a Pano Branco com esses tratamentos e com promessas não cumpridas, veio outra decepção, Copa do Brasil, o Técnico Pedrinho que já não agradou a torcida, pois tínhamos informações não muito positivas sobre o mesmo, ganhou de vez a antipatia da TPB, ao entrar de forma covarde contra o Botafogo e ao mexer de forma mais covarde ainda tentando segurar uma derrota por 1 gol de diferença, tudo para viajar, esse mesmo Botafogo perdeu do River por 2x1 e ganhou na volta por 2x0, ou seja, não era imbatível.

A gota d´água: Some tudo isso que escrevi e outras coisas que esqueci, como a loja do Rio Branco, que o atendente quando estava lá, o que era raro, ficava sentado em uma cadeira na porta da loja, tinha que pedi licença para poder comprar. Arrogância no atendimento só funciona com o “Seu Flávio”. Também acho que a Educação é o segredo de tudo. Bom, a gota dágua foi mesmo o bate boca do presidente com um torcedor da Pano Branco, um Presidente de time não quer ouvir critica, pode?

Para finalizar, queria dizer que a Pano Branco é uma torcida do Rio Branco sim, apóia os jogadores e o Clube, não tem nada contra o Presidente do Rio Branco, só acha que ele não tem competência para está lá, se continuar com a visão que tem, assim com o Pedrinho também não tem. Acha que futebol não se ganha somente dentro de campo, e por isso aconselha a diretoria a investir no carnaval do Rio Branco, que segundo um ex-presidente, era o que pagava os salários dos jogadores, acha que precisa de mais rigor para não ver seus jogadores bebendo por ai e mesmo com tudo isso. Mesmo com tudo isso A TPB vai está sempre torcendo para o Rio Branco e até acredita na Série B, ou pelo menos na permanência na Série C, já que vem a Série D por ai.

2 comentários:

Aldine disse...

É desanimador isso, mas continuaremos apoiando o time com seu futebol e deixar de lado essa Direção ridícula e mesquinha que o Rio Branco tem!

FORA PEDRINHO!!!!


Vai Estrelão! \o/

Dr. Marcio Eduardo disse...

É difícil um clube ir pra frente com um Presidente tão despreparado e amador... A única coisa que o Estrelão tem de profissional é a TPB!!

FORA NATAL! FORA PEDRINHO!